Informação sobre colesterol LDL e Colesterol HDL, o que é colesterol alto, baixo, bom e ruim, alimentos que deve ingerir para baixar o colesterol, assim como cuidados a ter na alimentação para controle dos valores de colesterol HDL E LDL. Medidas para manter uma vida saudável.


quinta-feira, 26 de junho de 2014

Importancia do nível de colesterol

O colesterol é uma substância cerosa, tipo gordura, que se encontra nas paredes de células em todas as partes do corpo, a partir do sistema nervoso. O corpo usa o colesterol para produzir hormonas, ácidos biliares, vitamina D, e outras substâncias. 
O corpo produz todo o colesterol de que necessita. O colesterol circula na corrente sanguínea, mas não pode viajar por si só. Tal como acontece com o óleo e a água, colesterol (que é gordo) e o sangue (que é aquoso) não se misturam. Então o colesterol viaja através das chamadas lipoproteínas, que têm gordura (lipídio) por dentro e proteína por fora.
Dois tipos principais de lipoproteínas fazem o transporte do colesterol no sangue: 
- Lipoproteína de baixa densidade, ou LDL, que também é chamado de colesterol "mau" porque transporta o colesterol para os tecidos, incluindo as artérias. A maior parte do colesterol no sangue é colesterol LDL. Quanto maior o nível de colesterol LDL no sangue, maior é o seu risco de doença cardíaca. 
- Lipoproteína de alta densidade, ou HDL, o qual é também chamado de colesterol "bom", porque leva o colesterol dos tecidos para o fígado, que o remove do corpo. Um baixo nível de colesterol HDL aumenta o risco de doença cardíaca. 
Se houver excesso de colesterol no sangue, uma parte do excesso pode ficar preso nas paredes das artérias. Com o tempo dá-se uma acumulação a que se dá o nome de placa. A placa pode estreitar os vasos e torná-los menos flexíveis, uma condição chamada de aterosclerose ou "endurecimento das artérias". 
Este processo pode ocorrer em qualquer lugar nos vasos sanguíneos do corpo, incluindo os do coração, que são chamados de artérias coronárias. Se as artérias coronárias ficarem parcialmente bloqueadas por placas, o sangue, em seguida, pode não ser capaz de trazer oxigênio e nutrientes suficientes para o músculo do coração. Isso pode causar dor no peito, ou angina. Algumas placas ricas em colesterol são instáveis, e têm uma cobertura fina que pode estourar, liberando colesterol e gordura na corrente sanguínea. A liberação pode causar um coágulo de sangue que se forma sobre a placa, bloqueando o fluxo de sangue através da artéria e causando um ataque cardíaco. 
Quando a aterosclerose afecta as artérias coronárias, a condição é chamada de doença cardíaca coronária ou doença arterial coronariana. Esta é o principal tipo de doença cardíaca.
Porque colesterol alto no sangue afeta as artérias coronárias, este fator torna-se um importante fator de risco para doenças cardíacas. Os fatores de risco são as causas e condições que aumentam as chances de desenvolver uma doença.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL